OAB SP LANÇA CAMPANHA EM DEFESA DO MEIO AMBIENTE


25/10/2007

A Secção Paulista da OAB pretende enfrentar os desafios para conter os danos ambientais, lançando no dia 31 de outubro, às 9h30, em sua sede, uma Campanha em Defesa do Meio Ambiente. A campanha pretende romper com a indiferença de autoridades e cidadãos e cultivar a conscientização, visando uma atitude ecologicamente correta. No lançamento, o deputado federal Fernando Gabeira fará uma palestra sobre “ Aquecimento Global e Desenvolvimento Sustentável”.


 A Campanha tem uma forte proposta de conscientização, mas  pretende, também,  unir esforços de entidades, ongs e órgãos públicos no sentido de reunir propostas, difundir experiências, ressaltar a educação ambiental , apoiar iniciativas que estejam dando certo e cobrar políticas públicas mais efetivas na área.

O presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D’Urso,  destaca que o planeta já vem sofrendo de forma inequívoca as conseqüências deste modelo de desenvolvimento insustentável e predador, como demonstra o documentário " Uma Verdade Inconveniente", idealizado pelo ex-vice-presidente dos Estados Unidos, Al Gore, que ganhou o prêmio Nobel da Paz de 2007, juntamente com o IPCC (Painel Intergovernamental sobre Mudanças Climáticas) trazendo o tema para o dia-a-dia dos cidadãos e para  a pauta de todas as nações. " Também podemos fazer a nossa parte, promovendo a educação ambiental de forma incansável para que as futuras gerações adquiram novos valores e tenham uma transformadora percepção sobre o que é ecologicamente correto", afirmou D´Urso.

 Para o presidente da Comissão de Meio Ambiente, Carlos Alberto Maluf Sanseverino, a OAB SP, enquanto representante da sociedade civil, que se antecipou a muitas empresas e organizações, ao criar 10 anos atrás uma comissão especialmente para tratar do tema, não poderia deixar de trazer a sociedade para o debate e alertar a todos sobre a necessidade imperiosa de proteger o planeta. “Seja adotando atitudes positivas, desde as mais comezinhas, como recolher o lixo e óleo de cozinha para a reciclagem, até debater questões complexas, como a emissão de gases poluentes e as  mudanças climáticas", afirma Sanseverino. Ao longo da campanha, ressalta, a OAB SP também pretende receber todos os tipos de denúncias envolvendo o meio ambiente.

 Na avaliação de Márcia Machado Melaré, vice-presidente e coordenadora da Campanha,  esse debate passa, necessariamente, pela esfera jurídica, uma vez que existe no Brasil um extenso e moderno arcabouço legal para questões ambientais que nem sempre é observado. Ela destaca, entre outras violações recorrentes, a queima de combustíveis fósseis – gasolina e diesel – nem sempre dentro dos padrões legais e uma frota automotiva sem vistoria técnica; o desmatamento e a queimada de florestas; colheita de cana-de-açúcar precedida de queimada. “São práticas à margem da lei, que contribuem para a geração de gases do efeito estufa”, diz a vice-presidente.

A Campanha em Defesa do Meio Ambiente da OAB SP terá cartazes institucionais criados pela Agência Agnelo Pacheco.