PÁSCOA - DATA PARA CELEBRAR A VIDA


04/04/2007

 

O simbolismo da Páscoa em muitas culturas é de “passagem” . Originalmente, significava a passagem  do inverno para a primavera, para um período de renascimento, de sol, de vida. Atualmente, a Páscoa se reveste de importante cunho religioso, pois nela se festeja a ressurreição de Jesus Cristo, após a crucificação e a morte. O  Círio Pascal lembra Cristo como luz dos povos.

 

O Brasil é um país multicultural , sendo que diferentes povos contribuíram para a formação da nação brasileira, entre o quais europeus e judeus, que deixam uma lição de vida por meio da rica simbologia e dos rituais envolvendo esta data comemorativa.  Seja do hebreu ‘peschad’, do grego ‘paskha’ ou do latim ‘pache’, a Páscoa comemora uma transição para tempos melhores, para uma nova vida.

 E, independente do cunho religioso, a Páscoa nos permite um momento de celebração à vida e de reflexão sobre os valores humanitários, especialmente a solidariedade aos que são injustiçados; a tolerância às diferenças, a ética no agir e a busca de uma sociedade mais igualitária e inclusiva.

 

O grande apelo da Páscoa é, portanto, por mudanças. A sociedade civil organizada anseia por um país melhor, onde a violência pare de recrudescer e todos possam viver em paz; onde a corrupção não encontre mais solo fértil para prosperar, onde as emissões de carbono que aquece o planeta sejam controladas, onde os representantes do povo lutem por seus interesses e onde a população tenha acesso mais democratizado à Justiça.

 

Feliz Páscoa!

 

 

Luiz Flávio Borges D´Urso

Presidente da OAB SP