Suspensas novas inscrições na carteira dos advogados do Ipesp - 20 de dezembro de 2007 - Fonte: Site Última Instância


20/12/2007

Suspensas novas inscrições na carteira dos advogados do Ipesp

 

Foram suspensas temporariamente novas inscrições na Carteira dos Advogados administrada pelo Ipesp (Instituto de Previdência dos Advogados de São Paulo). A decisão foi tomada na última terça-feira (18/12) em reunião realizada na sede da Secretaria da Fazenda.

 

Estavam presentes os representantes da seccional paulista da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil), IASP (Instituto dos Advogados de São Paulo) e AASP (Associação dos Advogados de São Paulo) com os secretários estaduais da Fazenda, Mauro Ricardo Machado Costa, e da Justiça e Defesa da Cidadania, Luiz Antonio Guimarães Marrey.

 

Segundo informações da OAB-SP, a decisão foi tomada diante das incertezas geradas pela lei que criou a SP Prev (Lei Complementar 1.010/07). Para o presidente da seccional paulista da OAB, Luiz Flávio Borges D’Urso, a decisão foi um avanço.

 

“Tínhamos uma grande preocupação com a continuidade de novas inscrições diante do quadro de incertezas gerado pela criação da SP Prev, sucessora do Ipesp. Por duas vezes, o Conselho da Carteira, integrado pelas três entidades – OAB SP, IASP e AASP, notificou o Ipesp pedindo a suspensão do ingresso de novos contribuintes e não foi atendido”, afirmou.

 

Outras duas questões foram debatidas na reunião: a preparação de uma nota conjunta entre governo e entidades, cujo teor está em discussão, para dar uma satisfação aos advogados que contribuem com a Carteira e o debate sobre quem custearia — governo ou entidades - o cálculo atuarial da Careira para definir sua real situação financeira de seus recursos.

 

Quinta-feira, 20 de dezembro de 2007

 

Fonte: Site Última Instância