Direitos Humanos recebe nova denúncia de abusos contra presos


29/03/2001

Direitos Humanos recebe nova denúncia de abuso contra presos

A Comissão de Direitos Humanos da OAB-SP recebeu mais uma denúncia contra o sistema carcerário. Desta vez o problema foi identificado no 80º Distrito Policial de São Paulo (Vila Joaniza), onde 142 detentos, sendo 30 de alta periculosidade, dividem quatro celas. A Comissão da OAB-SP já oficiou sobre o problema à Secretaria de Segurança Pública e à Ouvidoria do Estado.
A situação de higiene é tão crítica que para evitar a proliferação de doenças, o delegado suspendeu a entrega de comidas perecíveis trazidas pelos familiares, popularmente conhecidas como "jumbo". Devido ao reduzido espaço nas celas também faltam colchões.
Por causa da superlotação foram instaurados vários inquéritos por lesões corporais praticadas entre detentos, e realizados exames de corpo de delito. Há uma semana também foi instaurado um inquérito por tentativa de homicídio.
Segundo o delegado titular, Sidnei Alvarenga, que assumiu a unidade há 30 dias justamente para controlar as constantes fugas e ameaças aos policiais e seus familiares, já foram solicitadas transferência de pelo menos cinqüenta presos para aliviar o quadro dramático.
Na semana passada uma juíza esteve no local e se identificou como a responsável para apurar as denúncias. Conversou com os presos e providenciou algumas transferências que ainda não são suficientes, já que a capacidade máxima é de 60 homens.


Mais informações para a Imprensa pelos telefones: (11) 3105-0465 ou 239-5122, ramal 224