Direitos Humanos recebe novas denúncias de maus tratos a presos


05/04/2001

Direitos Humanos recebe novas denúncias de maus tratos a presos

A Comissão de Direitos Humanos da OAB-SP oficializou ao secretário da Administração Penitenciária do Estado de São Paulo, Nagashi Furukawa, as denúncias que vem recebendo de maus tratos nos presídios Iaras, Presidente Wenceslau e Avaré.

Há indícios de que as penitenciárias estão transferindo presos de uma unidade para a outra trajados apenas com calção, sem os seus bens, e quando chegam ao local são espancados e levados para a “tranca”.

Segundo informações, quatro presos foram atendidos no Pronto Socorro Municipal de Avaré decorrentes a espancamentos.

Recentemente a Comissão recebeu denúncias contra o 80º Distrito Policial de São Paulo (Vila Joaniza), onde 142 detentos, sendo 30 de alta periculosidade, dividem quatro celas. Por causa da superlotação foram instaurados vários inquéritos por lesões corporais praticadas entre detentos, e realizados exames de corpo e delito. Também foi instaurado um inquérito por tentativa de homicídio.

Mais informações para a Imprensa pelos telefones (11) 3105-0465 ou 239-5122, ramal 224.