Tribunal de Ética suspende Anselmo Maia


06/06/2002

Tribunal de Ética suspende Anselmo Maia

O Tribunal de Ética e Disciplina (TED) da OAB SP decidiu ontem à noite (5) suspender preventivamente por 90 dias o advogado Anselmo Neves Maia, que teve prisão temporária decretada pela Justiça durante a megaoperação realizada nos presídios do Estado, no final do mês passado, sob acusação de formação de quadrilha e envolvimento com o PCC.

O presidente do TED, Jorge Eluf Neto, e a Comissão Processante, composta pelo presidente, Romualdo Galvão Dias, pelo relator, Orlando Bortolai Filho, e mais dez membros se deslocaram ontem até o 13 DP para ouvir Maia. O depoimento durou cerca de três horas.

“A observância da ética passa necessariamente pelo cumprimento da lei. É uma imposição profissional que o advogado tenha um comportamento ilibado no desempenho de sua função. Todo advogado tem o dever de defender seu cliente, mas dentro do estrito senso legal”, diz o presidente da OAB SP, Carlos Miguel Aidar, lembrando que a Ordem está compromissada com a bandeira da ética e empenhada em apurar todo o desvio de conduta disciplinar de seus membros, por ser um compromisso estatutário e por zelar pela manutenção de uma postura transparente frente à sociedade brasileira.

Mais informações na Assessoria de Imprensa da OAB SP, pelos telefones 3105-0465 e 3241-5122, ramal 224