O LEGADO DE CID VIEIRA DE SOUZA


21/06/2002

NOTA OFICIAL

NOTA OFICIAL
<br><br>
Foi com grande pesar que a OAB SP comunicou, no último dia 18 de junho, o falecimento do advogado Cid Vieira de Souza, presidente da Seccional Paulista por quatro mandatos consecutivos, de 1971 a 1979, durante um período difícil para as instituições democráticas brasileiras.
<br><br>
A força de sua liderança propiciou à Advocacia Paulista cerrar fileiras na defesa das liberdades e garantias individuais, minadas pelo regime de exceção, que vigorou durante a Ditadura Militar. Com o mesmo empenho, Cid Vieira trabalhou pela distenção política, que restauraria o Estado Democrático de Direito.
<br><br>
Cid Vieira de Souza também deixou um legado de iniciativas pioneiras, do qual os advogados paulistas e brasileiros serão seus eternos devedores. Ele criou a Comissão de Prerrogativas, que vem ao longo das últimas décadas defendendo os advogados contra a violação de seus direitos profissionais. Coube, igualmente, a seu espírito precursor, a construção das primeiras Casas do Advogado, fundamentais para alicerçar a união da classe e seu papel social, e o &#8220;Jornal do Advogado&#8221;, veículo que se tornou porta-voz da Advocacia paulista.
<br><br>
Os advogados de São Paulo reconhecem a importância do legado deixado pelo seu presidente Cid Vieira de Souza e se irmanam a toda a diretoria da OAB SP para externar a familiares e amigos seus mais sinceros pêsames.
<br><br>
Carlos Miguel Aidar<br>
Presidente da OAB SP