Direitos Humanos quer agilidade na apuração de atentado a advogado


28/06/2002

Direitos Humanos acompanha apuração de atentado a advogado

A Comissão de Direitos Humanos da OAB SP solicitou ao secretário-adjunto da Secretaria de Segurança Pública, Marcelo Martins de Oliveira, mais agilidade na apuração do atentado sofrido pelo advogado José da Silva Silveira, próximo ao Fórum de Cubatão, que levou um tiro no abdomem há duas semanas, mas que agora está fora de perigo.

De acordo com o coordenador da CDH, João José Sady, apesar do aumento na segurança nos fóruns da Capital, Interior e Baixada Santista, o atentado vem tirando a tranquilidade dos operadores de Direito da região. “Os advogados querem mais agilidade nas investigações para que os responsáveis sejam devidamente punidos”, esclarece Sady.

Mais informações para a Imprensa pelos telefones (11) 3105-0465 ou 3241-5122, ramal 224.