CICLO DE DEBATES ANALISA 12 ANOS DO ECA


05/07/2002

CICLO DE DEBATES ANALISA 12 ANOS DO ECA

A Comissão de Direitos Humanos da OAB SP promove de 12 a 25 de julho, uma série de palestras e debates sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente, que completa 12 anos no dia 13 de julho, data da Lei 8.069. Os eventos terão início na próxima sexta-feira (12), com o lançamento do livro “Glossário Geral sobre Crianças e Adolescentes do Tribunal Permanente dos Povos” e um painel de abertura sobre os desafios à implementação do ECA, às 18 horas, na sede da Escola Superior de Advocacia (Largo da Pólvora – 141, sobreloja), do qual participam: o deputado Luiz Eduardo Greenhalg, da Comissão de Direitos Humanos da Câmara Federal; José Luis Alicke, coordenador do Centro de Apoio à Infância e Juventude, Lorival Nonato, presidente do Conselho Municipal da Criança e do Adolescente; Fabiano Marques, presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente e representantes de várias entidades da sociedade civil.
<br><br>
O ciclo de palestras terá continuidade no dia 16 de julho (terça-feira), às 18h30, com um debate sobre &#8220;Código de Menores X Estatuto da Criança e do Adolescente: o que mudou?&#8221; que contará com a presença de Gilberto Nascimento, colunista do "Diário de S. Paulo"; de Ana Silvia Ariza de Souza, do Conselho Regional de Psicologia; de Clilton Guimarães, promotor da Infância e Juventude e do juiz Eduardo Cortez de Feitas Gouveia, juiz titular da 1. Vara Especial da Infância e Juventude da Capital e Maria Estela Fraciane, integrante do Conanda.
No dia 18 de julho (quinta-feira), no mesmo horário, haverá novo debate sobre &#8220;Crianças em situação de risco: diagnóstico e soluções&#8221; ,com a participação de: Lia Junqueira, coordenadora do Centro de Referência da Criança e do Adolescente (Cerca); Max Dante, gerente do Projeto Travessia; Ademar Carlos de Oliveira, presidente do Projeto Meninos e Meninas de Rua de SBC e Dirce Koga, pesquisadora da PUC-SP e assessora da Secretaria de Assistência Social do Município de São Paulo.
<br><br>
A &#8220;Exclusão social da infância e juventude e a violência: diagnóstico e soluções&#8221; é o tema do debate que acontecerá no dia 23 de julho (terça-feira), às 18h30, com a presença de: Antonio Maffezoli Leite, procurador do Estado; Valdênia Aparecida Paulino, coordenadora do Cedeca de Sapopemba; Terezinha Fran, presidente do Condepe, Gabriela Athias, jornalista da Folha de S. Paulo e Karina Sposato, secretária executiva do Ilanud (Instituto Latino Americano das Nações Unidas). E, encerrando o ciclo de palestras, no dia 25 de julho (quinta-feira), será discutido o tema &#8220;Adolescentes em Conflito com a Lei: diagnóstico e soluções&#8221;, também às 18h30,com a participação de: Wilson Tafner, promotor do Departamento de Execuções da Vara Especial da Infância e Juventude da Capital; padre Júlio Lancelotti, coordenador do Centro de Defesa da Criança e do Adolescente do Belém; Maria da Conceição Paganele, presidente da Associação de Mães de crianças e Adolescentes em Risco, e Luciana Garbin, jornalista do jornal &#8220;O Estado de S. Paulo&#8221;.
<br><br>
A coordenação do evento está a cargo do coordenador da Comissão de Direitos Humanos da OAB-SP, João José Sady, e de Ariel de Castro Alves, integrante do Grupo de Trabalho para Implementação de Iniciativas Relativas ao Estatuto da Criança e do Adolescente.
<br><br>
Para inscrições e mais informações, os interessados deverão procurar a Comissão de Direitos Humanos da OAB SP, à rua Senador Feijó, 143 &#8211; 4º andar, telefone 3116-1074, ou acessar o site www.oabsp.org.br. Serão conferidos certificados de participação e as vagas são limitadas.
<br><br>
Mais informações para a imprensa nos telefones 3241-5122, ramal 224, e 3105-0465.