Direitos Humanos participa de reunião que suspende reintegração de posse


31/07/2002

Direitos Humanos participa de reunião que suspende reintegração de posse

A Comissão de Direitos Humanos da secção São Paulo da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SP) participou hoje (31) de uma reunião com o secretário de Justiça Alexandre de Moraes, um representante do Instituto de Terras do Estado de São Paulo (Itesp) e com a coordenação do acampamento do Movimento Sem Terra que se instalou no dia 20 deste mês numa área de 250 hectares pertencente à Sabesp, na divisa dos municípios de São Paulo e Caieiras.


A reunião foi agendada depois que o Batalhão de Choque da Polícia Militar cercou a área, na madrugada de hoje, com o objetivo de garantir a reintegração de posse. A coordenação do movimento concordou em se reunir com o secretário na busca de um entendimento. O terreno, pertencente à Sabesp, foi comprado para receber o lodo das Estações de Tratamento de Esgoto e a ocupação vinha atrapalhando o projeto.


Durante a reunião, estabeleceu-se um acordo, uma vez que a Sabesp se comprometeu a suspender a reintegração de posse por 30 dias. “Nesse período, o Itesp irá vistoriar três áreas, nas regiões das cidades de Bragança Paulista e Araras, para fins de assentamento dessas quase 700 famílias que estão hoje nesse terreno da Sabesp”, explicou Alexandre Trevizzano, represente da Comissão da OAB-SP na reunião.


As cerca de 700 famílias que invadiram a área entre São Paulo e Caieiras estão cadastradas no Programa de Reforma Agrária. “Além dessa trégua de 30 dias, o secretário ainda se comprometeu a solicitar à Defesa Civil suprimentos para atender à reivindicação dos acampados, que estão sem alimentos”, destaca Trevizzano.

Mais informações na Assessoria de Imprensa da OAB-SP. Telefones 3291-8175 e 3291-8182.