Comissão de Estágio e Exame de Ordem não reconhece ranking divulgado


17/09/2002

Comissão de Estágio e Exame de Ordem não reconhece ranking divulgado

A ORDEM DOS ADVOGADOS DO BRASIL – SECÇÃO DE SÃO PAULO, através da Comissão de Estágio e Exame de Ordem, adverte que o “Ranking de Faculdades de Direito de São Paulo”, que vem sendo divulgado, esta semana, em sites e e-mails é totalmente falso.

A OAB SP, criou de forma pioneira, em 1999, os rankings dos Cursos de Direito, com base no percentual de aprovação das Faculdades no Exame de Ordem, para que o estudante de Direito pudesse avaliar o desempenho das mesmas. “ Dessa forma, o aluno poderia se precaver contra àquelas faculdades que visam apenas e tão somente o lucro, sem oferecer quadro docente de qualidade, boa biblioteca , além de pesquisa e prática forenses, uma vez que a qualidade do ensino jurídico de uma instituição se reflete no aproveitamento de seus alunos no Exame”, explica o presidente da OAB SP, Carlos Miguel Aidar.

Segundo a presidente da Comissão de Estágio e Exame de Ordem da OAB SP, Sonia Corrêa da Silva de Almeida Prado, o levantamento sobre o ranking dos Exames realizados este ano ainda está sendo elaborado pela Vunesp, que organizada e aplica os Exames da OAB SP. Segundo ela, a Ordem não reconhece o ranking divulgado, lamenta e pretende apurar essa fraude. “Assim como o resultado do Provão vem sendo usado como um trunfo pelas faculdades que obtém bons resultados, o mesmo acontece com o Exame de Ordem, que se tornou uma referência no mercado educacional. Esta pode ser uma explicação para a fraude”, adverte Aidar.

Mais informações, na Assessoria de Imprensa da OAB SP pelos telefones 3291-8175/82.