Rede quer sugestões sobre mulher no sistema penitenciário


17/12/2002

Rede quer sugestões sobre a mulher no sistema penitenciário

A Comissão da Mulher Advogado da OAB SP está solicitando colaborações sobre programas de educação e reabilitação de presas no país. O Instituto Crisálida, de Florianópolis(SC), lidera a rede nacional que pesquisa as iniciativas educacionais nas unidades prisionais femininas. O projeto encomendado pela Comunidade Européia e Unesco, visa a inclusão do Brasil em relatório internacional que divulgará as ações nessa área. Em 5 de dezembro foi realizada, na sede da Associação Juízes para a Democracia, em São Paulo, o encontro das entidades que compõe a rede, formada pelas Comissões da Mulher Advogada e de Direitos Humanos da OAB SP, Instituto Terra Trabalho e Cidadania, Colibri e colaboradores de Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Brasília e São Paulo. Colaborações podem ser enviadas para o e-mail borboleta@cpovo.net ou pelo fax 048 334 43 81.