CDH recebe denúncia de tortura em DPs


16/01/2003

CDH recebe denúncia de tortura em DPs

O coordenador da Comissão de Direitos Humanos da OAB SP, João José Sady, oficiou ontem (15), à juíza corregedora do Departamento de Inquérito e Polícia Judiciária da Comarca da Capital, Ivana David Boriero, denúncia de supostas práticas de torturas, ocorridas nos 26º (Sacomã) e 97º (Americanópolis) Distritos Policiais, com o propósito de incentivar a disciplina dos presos.

Segundo informações, as sessões de torturas vêm acontecendo há cerca de quatro semanas e ocorrem durante a madrugada, mediante provocações dos plantonistas que convocam agentes do Grupo de Operações Especiais (GOE) para participarem da agressão. “Também fomos informados que os presos, além de sofrerem violência física, são alvo de humilhações como enfileiramento de cuecas em suas celas na noite de natal para cantar músicas festivas e cumprimentar os agentes, mediante espancamento continuado”, diz Sady.

No ofício, Sady pediu à juíza corregedora que apure as denúncias realizando um exame médico-legal em todos os presos, e ouvi-los em sindicância, garantindo a credibilidade de tais testemunhos. “Assim, os presos têm a garantia de que serão ouvidos e não serão alvo de vingança de seus supostos algozes”, afirma o coordenador.

Mais informações para a Imprensa pelos telefones (11) 3291-8175/8182.