Manifestação pela Paz


12/02/2003

Manifestação pela Paz

NOTA OFICIAL

A Ordem dos Advogados do Brasil, Secção de São Paulo, manifesta de público sua intensa preocupação com relação às perspectivas de iminente intervenção militar no Iraque. A guerra não pode ser pensada como solução para nenhum conflito eis que ela somente traz a desgraça e o sofrimento para vencedores e vencidos. A solução militar das pendências entre os países deve ser banida da face da terra e todos os esforços devem ser envidados para evitar a perda de vidas humanas. A partir deste referencial humanista, a OAB SP conclama o concerto das nações a evitarem a todo o custo o uso da força para o desate de suas pendências com o Iraque ou qualquer outro país, confiando até o fim em que seja encontrada a solução pacífica por todos almejada, mediante o adequado cumprimento das resoluções da Organização das Nações Unidas, conforme as diligências já em curso. Acima de tudo, é preciso preservar a Paz, para evitar a imensa perda de vidas que poderia advir do uso da força neste caso. Acima de tudo, é preciso que as potências militares abdiquem de vez do uso de seus poderes e submetam-se às regras das Declarações por elas firmadas quando da constituição da Organização das Nações Unidas, que não admitem mais a guerra como direito, a não ser em caso de legítima defesa ante à invasão de seu território. Pela paz e contra a guerra, lançamos esta conclamação em nome da Advocacia e de todos os cidadãos de boa vontade.
São Paulo, 12 de fevereiro de 2002

Orlando Maluf Haddad
Presidente em exercício
OAB SP