Comitê pela Paz faz manifestação amanhã contra os crimes de guerra


11/04/2003

Manifestação contra os crimes de guerra

Amanhã (12/4), membros do Comitê Contra a Guerra ,formado por 150 entidades, entre elas a Comissão de Direitos Humanos da OAB SP, entregarão uma petição à cônsul geral norte-americana em São Paulo, Carmen Martinez,
denunciando e exigindo apuração de crimes de guerra praticados pelas forças de ocupação dos EUA no Iraque. A entrega do documento acontecerá durante passeata que faz parte de uma manifestação mundial, que ocorrerá em 32 países. Em São Paulo, a concentração será no vão livre do MASP, às 15 horas, seguindo pela rua Pe. João Manoel, onde fica o consulado, e terminando no parque do Ibirapuera.
Entre os crimes apontados pelo Comitê está o assassinato de 14 jornalista e o desaparecimento de dois profissionais, vítimas da guerra no Iraque. No documento, também foram enfatizados os constantes bombardeios em áreas civis, que resultaram na morte de pessoas que não participavam das hostilidades e não exerciam qualquer trabalho de natureza militar, violando expressamente o dispositivo legal previsto no artigo 15, da Convenção IV, Convenção de Genebra Relativa à Proteção das Pessoas Civis em Tempo de Guerra, de 12 de agosto de 1949.
Na próxima terça-feira (15), a Comissão de Direitos Humanos (CDH) da OAB SP também estará participando de ato solene em homenagem aos jornalistas mortos na guerra. O evento acontecerá na Assembléia Legislativa, às 11 horas, no auditório Franco Montoro.

Os interessados em outras atividades e iniciativas do Comitê podem entrar em contato pelo telefone 3272-9411, ramal 284 ou 215. Ou pelo site www.guerranao.kit.net. Para simbolizar a paz, o Comitê está pedindo para todos comparecerem vestidos de branco.