Direitos Humanos aponta estado crítico no 74 DP


12/08/2003

Direitos Humanos aponta estado crítico no 74 DP

O coordenador da Comissão de Direitos Humanos da OAB SP, João José Sady, oficiou ao secretário adjunto de Segurança Pública do Estado, Marcelo Martins de Oliveira, e à juíza corregedora do Departamento de Inquérito e Polícia Judiciária (DIPO), Ivana David Boriero, o estado calamitoso da carceragem do 74º Distrito Policial, em Parada de Taipas.

Segundo informações recebidas por Sady, a fiação encontra-se à mostra, as paredes estão se desfazendo e o assoalho vive inundado. Proliferam entre os detentos a sarna e o piolho. O coordenador da CDH solicita à juíza que faça uma inspeção ao local e determine sua eventual interdição, e ao secretário adjunto que tome as providências necessárias para acabar com a ilegalidade.

Mais informações na Assessoria de Imprensa da OAB SP, pelos telefones 3291.8175 / 82