CDH quer apuração de veto a transporte de familiares de presos


10/12/2003

CDH quer apuração de irregularidades

A Comissão de Direitos Humanos da OAB SP enviou representação à Promotoria de Justiça da Cidadania da Capital com denúncia de que as prefeituras de Presidente Prudente e Presidente Bernardes proibiram os ônibus que transportam familiares de presidiários de circular no perímetro urbano das cidades. Em resposta, o secretário-executivo da Promotoria, Saad Mazloum, informou que a representação foi encaminhada às Promotorias de Justiça daquelas cidades para apuração do comportamento ilegal por parte das prefeituras.