Posse em Barretos destaca importância da Advocacia


12/02/2004

Posse em Barretos

Durante a cerimônia de posse da OAB da Subsecção de Barretos, no último dia 10 de fevereiro, que será presidida no triênio 2004-2006, por Roberto Arutim,o presidente da OAB-SP, Luiz Flávio Borges D´Urso, destacou os pontos positivos da Advocacia. Falou, principalmente, sobre a importância do
advogado no processo de humanização de um país, especialmente em
países como Brasil, carente de todo o tipo de justiça.
Segundo o presidente da Seccional, a formação humanística torna o advogado
em um ser muito especial, pois ser advogado é conhecer a alma humana de
forma profunda, assim, o profissional aprende a não julgar o semelhante, mas
garantir a esse ser humano um julgamento justo.
Ou seja, que a base humanística é imprescindível para o jovem estudante de
direito, que será um futuro operador do Direito.

Lembrou, ainda, que, a advocacia tem bandeiras históricas na luta pela
democracia e direitos humanos no Brasil e que, “como todos sabemos, são três
os poderes que governam o país, o executivo, o legislativo e o judiciário. A
imprensa sempre é citada, é tida com o quarto poder, mas não podemos
esquecer que a advocacia está nesse mesmo patamar, por isso, a importância
da OAB na sociedade civil, pois, exatamente por ser histórica, se renova a
cada nova posse, mas, renova-se, também, principalmente nessa gestão que
está se iniciando em todo o estado, onde, a valorização profissional,
mercado e trabalho e o respeito as prerrogativas estarão na linha de frente
do projeto de campanha. Finalizou dizendo, que não é possível continuar com o sistema Judiciário que temos hoje. Por isso, a reforma precisa ser urgente.

D´Urso defendeu, ainda, a parceria da Advocacia com a
Magistratura e o Ministério Público, parecerias necessárias para defender a
categoria , na reforma, que ele classificou de pífia, defendendo no Congresso as posições da classe quanto ao Poder Judiciário. Para isso, segundo ele, é preciso investir no Judiciário, fazer reforma legislativa, informatizar, enfim, pensar um novo modelo urgentemente, ou, então, a categoria vai continuar com essa frustração eternamente.

Mais informações, na Assessoria de Imprensa da OAB SP, pelos telefones 3291-8175/82.