OAB SP CRIA OUVIDORIA


31/03/2004

OAB SP CRIA OUVIDORIA

OAB SP INSTITUI OUVIDORIA

A OAB SP criou uma Ouvidoria destinada a receber críticas e sugestões dos advogados e estagiários inscritos na entidade sobre atos considerados arbitrários, vindos de membros do Conselho, diretoria, comissões, departamentos e funcionários da Ordem. Oficialmente, ela começa a funcionar em maio e terá como ouvidor Antônio Carlos Padovan, funcionário experiente que atuou como titular do Departamento de Subsecções.

Segundo o presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso, “a criação desse órgão é de grande importância, pois possibilita a intercomunicação dos advogados com a Ordem, funcionando como termômetro a medir a satisfação do inscrito com a entidade”. Ainda segundo D´Urso, a idéia é, a partir da ouvidoria, melhorar os serviços prestados pela entidade aos profissionais.

Toda terça-feira, a vice-presidente da OAB SP, Márcia Regina Machado Melaré, se reunirá com o ouvidor para fazer um balanço das reclamações e sugestões da semana para, a partir daí, elaborar propostas que possam corrigir falhas ou implementar as sugestões. “ A Ouvidoria empresta transparência à administração da Ordem e o ouvidor terá a prerrogativa de propor a adoção de sugestões, visando aprimorar os serviços prestados pela Seccional”, ressalta Márcia.

Quando a Ouvidoria começar a funcionar, os advogados poderão enviar suas sugestões por fax, e-mail, telefone ou pessoalmente. A OAB SP também disponibilizará no site da entidade um acesso direto para o reclamante.
Mais informações, na Assessoria de Imprensa da OAB SP, pelos telefones 3291-8182.