D´Urso considera precipitada decisão de cancelar visto de jornalista


12/05/2004

D´Urso considera precipitada decisão de cancelar visto de jornalista

O presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso, considerou precipitada a decisão do governo federal de suspender o visto provisório do jornalista Larry Rohter ,do jornal “New York Times”, após publicação de reportagem apontando supostos excessos alcoólicos do presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva.
“Sem dúvida, a matéria foi ofensiva ao presidente, ao Brasil e aos brasileiros, mas deveria ter sido tratada pelas vias diplomáticas, uma vez que a suspensão do visto nega os princípios democráticos que devem pautar a conduta desse governo, democraticamente eleito. A livre expressão do pensamento e a liberdade de imprensa estão contempladas pela Constituição brasileira e, quando sofrem cerceamento, constituem a negação do Estado Democrático de Direito”, afirma D´Urso. Para ele, a discussão do episódio deveria se concentrar no compromisso da imprensa com a verdade dos fatos e na responsabilização dos profissionais e dos veículos sobre os conteúdos que veiculam.

Mais informações, na Assessoria de Imprensa da OAB SP, pelos telefones 3291-8175/82.