Posição única sobre possível greve do Judiciário


24/06/2004

Posição comum sobre possível greve do Judiciário

O presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso , recebeu nesta terça-feira (22/6) os presidentes do Instituto dos Advogados de São Paulo e Associação dos Advogados de São Paulo, respectivamente, Tales Castelo Branco e José Roberto Pinheiro. A reunião visou buscar um consenso para uma ação conjunta das entidades de representação da Advocacia frente à mobilização dos serventuários da Justiça por reposição salarial, e que pode resultar em greve dos trabalhadores da Justiça estadual. “ A OAB SP está com os funcionários neste justo pleito de reposição salarial, mas não podemos apoiar uma paralisação, porque as anteriores representaram um desastre para a Advocacia e a sociedade, ao adiar em meses a reparação de direitos, sendo que já estamos diante de uma justiça morosa. O diálogo entre os servidores, Tribunal de Justiça e Governo precisa permanecer aberto”, ponderou D´Urso.