Ordem repudia mudança de nome do túnel 9 de julho


15/07/2004

Ordem repudia mudança de nome do túnel 9 de Julho

O presidente da OAB-SP – Luiz Flávio Borges D’Urso – apóia e solidariza-se com as mais de 30 entidades de defesa da memória nacional e moradores da região vizinha ao “Túnel 9 de Julho”, em São Paulo, contra a mudança de nome deste importante complexo viário para “Túnel Doutor Daher Elias Cutait”. Para ele, o nome original remete à memória dos soldados que lutaram e morreram em defesa da Constituição Nacional e da democracia.


Nota Oficial

A Seccional de São Paulo da Ordem dos Advogados do Brasil torna público o seu repúdio diante da modificação do nome do “Túnel 9 de Julho”, localizado na “Avenida 9 de Julho”, nesta Capital.

A substituição incorre em lamentável iniciativa que fere uma das mais caras e tradicionais datas paulistas: o Movimento Constitucionalista de 1932 pelo qual tantos deram a vida em prol da luta contra a opressão e a tirania, ainda mais quando se tem em conta, que o “Túnel 9 de Julho”, foi inaugurado em 23 de julho de 1938, pelo então Prefeito Prestes Maia, o que ocorreu, ironicamente, na presença de Getúlio Vargas!

Ademais, se hoje o país pode desfrutar de um estado democrático de direito e de uma Constituição, muito se deve a São Paulo e aos heróis de 1932.

Não é possível, pois, consentir com essa iniciativa, pois a OAB-SP, que também este ano comemora 72 anos de existência, sempre fiel à sua vocação histórica de civismo e amor à pátria, não poderia se calar diante de tal atitude que macula um dos episódios mais belos da História do Brasil!

Assim, a Secção de São Paulo da Ordem dos Advogados do Brasil solidariza-se e irmana-se às demais entidades que já manifestaram o seu inconformismo, pedindo a imediata revogação do decreto municipal que rebatizou o “Túnel 9 de julho”, restabelecendo-se o direito à preservação da memória, da tradição e da história, enquanto patrimônio de todos os cidadãos brasileiros, mui especialmente do povo bandeirante de São Paulo.

São Paulo, 13 de julho de 2004


Luiz Flávio Borges D’Urso
Presidente da Secção de São Paulo
Ordem dos Advogados do Brasil

Fábio Marcos Bernardes Trombetti
Conselheiro Seccional Efetivo
Presidente da Comissão de Resgate da Memória da OAB-SP