DIREITOS HUMANOS DA OAB SP E PASTORAL ANALISAM ATAQUES A MORADORES DE RUA


23/08/2004

DIREITOS HUMANOS DA OAB SP E PASTORAL ANALISAM ATAQUES A MORADORES DE RUA

A OAB SP, através da Comissão de Direitos Humanos, e a Pastoral do Povo de Rua, além outras entidades organizadas da sociedade civil, reúnem-se nesta terça-feira (24/8), às 10 horas, na sede da Ordem (Praça da Sé, 385 – 1 andar), para uma avaliação sobre as investigações em torno dos seguidos e brutais ataques a moradores de rua no centro de São Paulo, que já somam seis vítimas fatais. No último domingo (22/8) o presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso, e o vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos, Hédio Silva Jr, participaram de ato ecumênico pelos moradores na Catedral da Sé.

Desde o dia 20 de agosto, a OAB SP vem acompanhando as reuniões da cúpula das Polícias e as investigações , que apontam para várias hipóteses de autoria dos crimes, inclusive atuação de grupos de intolerância. A Ordem e a Pastoral também pretendem trabalhar juntas à população de rua e demais canais na tentativa de obter informações que possam elucidar os crimes. “ Devemos evitar a politização do episódio, com troca de agressões, o que só dificultaria a apuração dos fatos. Temos uma população de despossuídos, desprovida de condições digna de subsistência, e que precisam, no mínimo, ter sua segurança e integridade física garantidas pelas autoridades públicas ”, alerta do presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso.

Mais informações na Assessoria de Imprensa da OAB SP, pelos telefones 3291-8175/82.