Seccionais da Região Norte respaldam Manifesto


29/09/2004

Seccionais da Região Norte respaldam Manifesto

A decisão de liderar um grande manifesto público reunindo as 24 maiores entidades da sociedade civil paulista, para pedir o fim da greve dos serventuários do Judiciário do Estado de São, rendeu ao presidente da OAB-SP – Luiz Flávio Borges D’Urso – o amplo respaldo das seccionais da Ordem dos Advogados do Brasil da Região Norte. “Toda comunidade amazonense manifesta seu irrestrito apoio ao ato público pela volta da Justiça em São Paulo”, afirmou o presidente da OAB-AM, Alberto Simonetti Cabral Filho.

“Manifestamos nossa incondicional solidariedade aos advogados e aos jurisdicionados de São Paulo, vítimas de uma das maiores violências cometidas contra a cidadania desse País para reclamos salariais dos serventuários paulistas. A reivindicação dos trabalhadores pode até ser justa, mas jamais poderia determinar a prevalência de interesses individuais sobre os coletivos, representados pelo direito dos cidadãos ao acesso à Justiça”, disse Ophir Cavalcante Júnior, presidente da OAB do Estado do Pará.

Para o presidente da OAB do Amapá, Washington dos Santos Caldas, não se pode desprezar o fato de que os serventuários da Justiça de todos os quadrantes do País merecem ser valorizados no reconhecimento das importantes atividades que desenvolvem. “Porém, não se deve deixar de reconhecer que qualquer movimento grevista deve obedecer aos limites impostos pela própria sociedade. Essa greve vem causando prejuízos que o movimento vem causando à sociedade”, diz Caldas.