OAB SP PROMOVE PRIMEIRO DESAGRAVO EM PRAÇA PÚBLICA


30/09/2004

OAB SP PROMOVE PRIMEIRO DESAGRAVO EM PRAÇA PÚBLICA

A OAB SP promoveu, pela primeira vez na cidade de Agudos, nesta quinta-feira (30/9), o primeiro Desagravo em Praça Pública de sua história. “ Geralmente os desagravos são realizados em auditórios fechados , longe do local de trabalho daqueles que violaram as prerrogativas profissionais do advogado. Dessa vez, foi diferente, aconteceu em frente ao Fórum da cidade, onde ocorreu o agravo”, explicou o presidente da Seccional, Luiz Flávio Borges D´Urso.

O agravador foi o juiz de Direito de Agudos, Adilson Aparecido Rodrigues Cruz, que marcou 26 audiências para o mesmo horário. Depois de esperar 45 minutos, o advogado André Luiz Casagrande de Camargo, peticionou ao juiz informando que teria audiência em outra comarca e não poderia esperar. A resposta foi sua destituição do cargo e nomeação de outro advogado. “ O juiz agiu de forma autoritária e promoveu uma violação das prerrogativas do colega e também uma violação de caráter moral, uma vez que só o cliente pode destituir seu advogado”, diz D´Urso.

O presidente da OAB SP também chama a atenção para a rapidez do processo, o primeiro da atual gestão. “ O fato ocorreu no início do ano e teve neste mês toda a tramitação dos autos concluída, com direito de defesa do juiz, julgamento e realização da sessão solene de desagravo. O presidente da Comissão de Direitos e Prerrogativas da OAB SP, Mário de Oliveira Filho, e o presidente da Subsecção de Agudos, Márcio Fernando Lopes, discursaram sobre a importância de preservar as prerrogativas e a reparação pública da injustiça desferida contra o advogado. No encerramento, D´Urso enfatizou que a OAB SP está preparando anteprojeto que criminaliza as violações das prerrogativas dos advogados.

Mais informações, na Assessoria de Imprensa da OAB SP, pelos telefones 3291-8175/82.