EXAME DE ORDEM APROVA 8,57% DOS INSCRITOS


25/11/2004

EXAME DE ORDEM APROVA 8,57% DOS INSCRITOS

A OAB SP divulgou nesta quinta-feira (25/11) o resultado final do Exame de Ordem 124, realizado em setembro ( 1ª fase) e outubro ( 2ª fase ) que aprovou apenas 8,57% (1.686 bacharéis) dos 19.660 inscritos. “ Estou profundamente chocado com esse resultado, o pior da história do Exame de Ordem, em São Paulo e no país”, afirma o presidente da Seccional Paulista, Luiz Flávio Borges D´Urso. Até então no último Exame de Ordem , promovido no primeiro semestre deste ano, a OAB-SC tinha aprovado apenas 12,77% dos inscritos e São Paulo, 13,21%.

Para D´Urso, é impossível atribuir índice tão alto de reprovação apenas ao despreparo dos bacharéis. “Sem dúvida, a queda da qualidade do ensino jurídico contribuiu para esse quadro, mas acredito que uma parcela destes estudantes não conseguiu superar o nervosismo na hora da prova, como tenho testemunhado a cada Exame. Por isso mesmo, estamos implantando a participação de treineiros na primeira fase, como forma de propiciar esse contato inicial. É muito comum os candidatos ficarem nervosos e serem atrapalhados por este nervosismo. O treino, realizado nas mesmas condições da prova oficial, pode ajudar o bacharel a vivenciar o clima e superar este tipo de dificuldade”, avalia D´Urso.

Sobre o aumento da taxa de inscrição para o próximo Exame de Ordem, que subiu de R$ 103,30 para R$ 130,00, o presidente justifica que se deve a dois fatores. O primeiro, ao aumento dos custos operacionais que a Seccional tem com a realização da prova. “ O Conselho Federal da OAB estipula que a taxa pode ser equivalente até a um terço da anuidade, hoje, fixada em R$ 550,00. A Ordem tem grandes despesas com o Exame, custeia a empresa que aplica as provas, o aluguel de prédios onde se realizam, transporte e lanche para milhares de advogados voluntários, xerox, correio etc. Temos contratos com inúmeros parceiros, reajustados por diferentes índices ”, explica D´Urso. Segundo o presidente, o reajuste também buscou sanar uma defasagem no índice de correção ao longo dos últimos anos. Do Exame 114, realizado em agosto/2001, quando a taxa era de R$ 94,00 até o Exame 124, neste ano, o INPC do período foi de 38,36% . O aumento fixado para a taxa de inscrição do Exame de Ordem, neste período, ficou dentro dessa projeção inflacionária, ou seja, em 38,30%.

As inscrições para bacharéis e treineiros para o Exame 125 podem ser feitas, de 1 a 15 de dezembro, mediante o preenchimento da ficha de inscrição que será fornecida nas agências autorizadas do Banespa ou pela Internet, no site www.concursosfcc.com.br, no período de 1º a 14 de dezembro de 2004, nos links referentes ao Exame da Ordem. O bacharel terá de comprovar conclusão do curso com cópia autenticada do diploma ou certidão de colação de grau e o treineiro, deve apresentar certidão que ateste que está matriculado no curso de Direito, sem previsão de conclusão no segundo semestre do ano letivo de 2004. Para os bacharéis, o valor da inscrição é de R$ 130,00 e para os treineiros, R$ 39,00 (30% do valor da taxa para os bacharéis), taxa que será paga através de boleto bancário, durante período de inscrição. A primeira fase acontecerá em janeiro.