OAB SP LAMENTA MORTE DE PROCURADORA


06/06/2005

OAB SP LAMENTA MORTE DE PROCURADORA

A Seccional Paulista da OAB, através da Comissão do Advogado Público, lamenta o assassinato da procuradora do Estado, Camila Pires Pereira, ocorrido na noite de 3 de junho, no Boqueirão, vitima de provável latrocínio. “ Todos os advogados públicos se solidarizam com a família de Camila Pereira, que teve sua vida ceifada tão cedo, aos 27 anos, de forma tão brutal”, afirmou Anna Carla Agassi, presidente da Comissão da OAB SP.

O presidente da Seccional, Luiz Flávio Borges D´Urso, determinou que a Comissão Especial de Acompanhamento de Inquéritos dos Advogados Vítimas de Homicídio, acompanhe as investigações. Camila Pires Pereira atuava na Procuradoria de Assistência Judiciária em São Paulo, advogando em processos de carentes na área de Família. “ A violência despropositada - que transformou em vítima fatal uma jovem procuradora com um futuro promissor - tem de ser estancada. Somente a apuração rápida do crime e a punição do(s) culpado(s) poderá trazer algum conforto para a família de Camila Pereira, que conheceu - da forma mais dolorosa - as dificuldades do Poder Público em garantir o direito à vida e à segurança aos cidadãos”, analisou D´Urso.

Mais informações na Assessoria de Imprensa da OAB SP, pelos telefones 3291-8175/82.