OAB-GO REPUDIA OFENSAS A D´URSO


12/07/2005

OAB-GO REPUDIA OFENSAS A D´URSO

Por ter sido ofendido pelo dirigente da Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe), Jorge Maurique, em evento realizado, na última quinta-feira, no Rio de Janeiro, o presidente da OAB SP – Luiz Flávio Borges D’Urso – recebeu mensagem de apoio do presidente da OAB de Goiás, Marco Antônio Caldas.

Conforme o texto, a Seccional goiana “vem se solidarizar e manifestar total apoio diante das espalhafatosas críticas lançadas pelo presidente da Ajufe, durante ato público da referida classe”. Para Caldas, “ao colocar em dúvida sua capacidade técnica e insinuar que a OAB deva se submeter ao crivo do Tribunal de Contas da União – TCU, o juiz federal Jorge Maurique macula não somente sua competência e imagem pública, mas também questiona a credibilidade de toda a classe advocatícia e dos dirigentes das Seccionais, eleitos prelos próprios advogados”.

Na mensagem, a OAB GO “se posiciona absolutamente contrária à recente e grave arbitrariedade que vem sendo praticada contra os advogados que, ao terem suas escritórios invadidos com o permissivo de indevidos mandados de busca e apreensão, têm seus direitos e prerrogativas frontalmente aviltados”.

Também de Goiânia, Jorge Taleb, afirma que " o princípio da crítica irônica é ao mesmo tempo ofensiva, ao contrário da construtiva, releva indisposição para o debate sério e tem o propósito de chamar a atenção de desavisados para o crítico. Ou , talvez, justificar um ponto de vista limitado a interesses meramente pessoais. Assim, manifesto a Vossa Senhoria (presidente D´Urso) minha solidadriedade em razão das declarações infelizes do presidente da Ajufe."