OAB SP PARTICIPA DE MANIFESTAÇÃO CONTRA A CORRUPÇÃO


16/08/2005

OAB SP PARTICIPA DE MANIFESTAÇÃO CONTRA A CORRUPÇÃO

OAB SP VAI PARTICIPAR DE MANIFESTAÇÃO CONTRA CORRUPÇÃO

A OAB SP decidiu durante reunião do Conselho Seccional nesta segunda-feira (15/8), que irá participar da Manifestação Pública contra a Corrupção, proposta pela Força Sindical na reunião de trabalho do Movimento pela Legalidade, Contra o Arbítrio e a Corrupção, realizada no último dia 10 de agosto na sede da OAB SP.

O ato de repúdio será no dia 6 de setembro, sendo que cada segmento do Movimento deixará sua base com destino a um ponto único da cidade. “ A Advocacia pretende tornar pública sua inquietação com a crise atual, uma vez que o momento é extremamente grave e o Poder Público não está conseguindo prestar os esclarecimento reclamados pela sociedade. É necessário ir à fundo nas investigações, de forma serena, mas incisiva”, ressalta o presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso.

O presidente lembra que a OAB historicamente vem se posicionando contra a corrupção endêmica no Brasil, tendo iniciado no ano passado a “ Campanha Ética na Política”, para chamar atenção , novamente, da classe política e da população para o problema. “ Neste momento, a sociedade brasileira está perplexa e indignada e diante de gravíssimas denúncias contra setores do Executivo e do Legislativo. Torna-se necessário investigar a fundo todas as situações que se tornaram objetos de denúncias”, diz D´Urso. Para o presidente da OAB SP, a questão do impeachment não deve ser colocada no momento. “ O processo de impeachment é complexo , conforme prevê a Constituição Federal, podendo atingir um presidente, um vice e ministros. Possui natureza política e qualquer cidadão pode pedir a abertura de um processo de impeachment à Câmara Federal. A acusação nos crimes de responsabilidade terá de ser admitida por 2/3 dos deputados federais . Confirmadas as provas, a denúncia é encaminha ao Senado, ficando o presidente suspenso por 180 dias, prazo em que o julgamento deve ser concluído sob a presidência do presidente do STF”, explica D´Urso.



Mais informações, na Assessoria de Imprensa da OAB SP, pelos telefones 3291-8175/82.