D´URSO CRITICA SERRA NA ABERTURA DA XXX REUNIÃO DE PRESIDENTES


25/11/2005

D´URSO CRITICA SERRA NA ABERTURA DA XXX REUNIÃO DE PRESIDENTES

PRESIDENTE DA OAB SP QUER RETRATAÇÃO DE JOSÉ SERRA

No encerramento da sessão solene da XXX Reunião de Presidentes de Subsecções da OAB SP, nesta quinta-feira (24/11), em Atibaia, o presidente da entidade, Luiz Flávio Borges D´Urso, encerrou seu discurso na abertura solene, criticando a afirmativa do prefeito de São Paulo José Serra que, ao tentar desqualificar as críticas à cobrança de preço público pelo uso do solo ocupado pelos postes, comentou: “ o advogado diante do roubo de um carro vai dizer que ele foi pego emprestado”. Para o presidente da OAB SP, foi um comentário contra a Advocacia e que exige retratação. “Temos respeito pelo prefeito e a categoria exige o mesmo respeito do chefe do Executivo Municipal. O comentário denigre a imagem da Advocacia e nós não admitimos essa consideração vexatória ao trabalho do advogado. Queremos retratação. O advogado não deturpa a verdade dos fatos, mas defende os direitos do cidadão, que vêm sendo onerado pela carga tributária, que paga com sacrifícios, e as cobranças compulsórias do Poder Público”, afirmou.

Para D´Urso, independente do mérito da taxa do poste, as observações do prefeito foram ofensivas a toda a Advocacia. “ Os advogados não emitem simples opinião, mas fazem avaliações à luz de seu entendimento técnico”. O presidente da OAB SP também defendeu os advogados da Eletropaulo. “Embora remunerados pela empresa, eles estão exercendo sua profissão e precisam ser igualmente respeitados no seu mister”, ponderou. A constitucionalidade da taxa do poste vem sendo analisada pela Comissão de Assuntos Tributários da OAB SP.

Na sessão de abertura da XXX Reunião de Presidentes das Subsecções da OAB SP, o presidente D´Urso saudou individualmente os integrantes da mesa de trabalho: o vice-presidente do Conselho Federal da OAB, Aristóteles Atheniense, representando o presidente Roberto Busado; o presidente da CAASP, Octavio Augusto Pereira de Queiroz; o conselheiro federal emérito, Rubens Approbato Machado, representando o Instituto dos Advogados de São Paulo; o secretário de Justiça e Defesa da Cidadania de São Paulo, Hédio Silva Júnior, representando o governador Geraldo Alckmin; o presidente da AASP, José Diogo Bastos Neto, o deputado federal Michel Temer, a deputada Célia Leão ; secretária de Assuntos Jurídicos de Atibaia, Mariane Costa Antunes, representando o prefeito da cidade; o vereador Takao Ono, presidente da Câmara Municipal de Atibaia ; Raymundo Hermes Barbosa,da Carteira dos Advogados do Ipesp,o desembargador do TJ, Luiz Edmundo Marrey Uint; Jamil Hannouche, superintendente executivo do Santander;João Carlos de Almeida, diretor jurídico da Telefônico; Elias Mattar Assada, presiente da Associação Brasileira dos Advogados Criminalistas e o presidente da Subsecção de Santos, Rodrigo Lyra, representando todas as Subsecções; que parabenizou D´Urso por ter implementado de forma corajosa a decisão do Colégio de Presidentes das Subsecções de acabar com a remuneração dos coordenadores de cursos da ESA.

Antes do discurso, o presidente da OAB SP apresentou um vídeo com o resumo das ações empreendidas pela atual gestão da Ordem. D´Urso considerou um resultado positivo, fruto de um trabalho conjunto de toda Diretoria da Seccional – Márcia Regina Machado Melaré, vice-presidente; Arnor Gomes da Silva Júnior, secretário geral; José Welington Pinto, secretário geral adjunto e Marcos da Costa, diretor tesoureiro - dos conselheiros seccionais, das diretorias das Subsecções, das Comissões e da CAASP.


Mais informações, na Assessoria de Imprensa da OAB SP, pelos telefones 3291-8175/82.