PRESIDENTE RECEBE MEDALHA DA ORDEM DO MÉRITO JUDICIÁRIO


11/05/2006

PRESIDENTE RECEBE MEDALHA DA ORDEM DO MÉRITO JUDICIÁRIO

PRESIDENTE RECEBE MEDALHA DA ORDEM DO MÉRITO JUDICIÁRIO


O presidente da OAB-SP – Luiz Flávio Borges D’Urso – recebeu, nesta quinta-feira (11/5), no Salão Nobre do Tribunal Regional do Trabalho – 2ª Região, a comenda da Ordem do Mérito Judiciário no Grau de Grã-Cruz. Criada em 2002, a medalha tem por finalidade agraciar personalidades ou instituições que se destacado em quaisquer dos ramos do Direito, bem como em outra atividade sócio-cultural.

“Ao inserir-me nesta honrosa relação de homenageados, o Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região certamente pretendeu prestar uma homenagem à Advocacia paulista, representada pelos 250 mil advogados que integram os quadros da Seccional, e, particularmente, a laboriosa e diligente categoria dos advogados trabalhistas, representada pelos milhares de advogados trabalhistas, com o quais compartilho as alegrias e a honra desta distinção”, diz D’Urso.

Em pronunciamento, o presidente da OAB-SP lembrou o momento tormentoso que o país atravessa. “Não posso deixar de estabelecer uma correlação entre cidadãs e cidadãos que dignificam e orgulham a Pátria, como Vossas Excelências, e perfis que a envergonham, haja vista a crise sistêmica de corrupção, com sua teia de interesses pérfidos, que exibe o mais indecoroso desfile de personagens imorais e aéticas da nossa contemporaneidade”, destacou.

“Na qualidade de representante de uma entidade que tem atuado na linha de frente pelos avanços do país, entidade com uma tradição de lutas pela liberdade, pelo Estado de Direito e pelo império da Justiça, pela consolidação da democracia e pelo fortalecimento da cidadania, tenho o dever de levantar, em todos os ambientes institucionais, a bandeira da moral e da ética, dever que se torna mais premente nos momentos em que cidadãs e cidadãos começam a se preparar para sufragar o voto nas eleições gerais de 1o de outubro próximo”, enfatizou D’Urso.

Além de D’Urso recebem a comenda da Grã-Cruz, entre outros: Roberto Rangel Marcondes, procurador-chefe da Procuradoria Regional do Trabalho da 2ª Região; João Batista Brito Pereira, ministro do Tribunal Superior do Trabalh; Alexandre de Moraes, membro do Conselho Nacional de Justiça e ex-secretário de Justiça e Defesa da Cidadania de São Paulo; dom Cláudio Hummes, cardeal arcebispo de São Paulo; Vicente Paulo da Silva e Walter Barelli, deputados Federais; Diva Malerbi, presidente do Tribunal Regional Federal da 3ª Região; e Dalmo de Abreu Dallari, professor e jurista

Mais informação na Assessoria de Imprensa da OAB-SP, 3291-8179/8182