ENTIDADES REALIZAM BALANÇO SOBRE ONDA DE VIOLÊNCIA EM SÃO PAULO


17/05/2006

ENTIDADES REALIZAM BALANÇO SOBRE ONDA DE VIOLÊNCIA EM SÃO PAULO

ENTIDADES REALIZAM BALANÇO SOBRE ONDA DE VIOLÊNCIA EM SÃO PAULO

Diante da onda de violência, patrocinada pelo crime organizado, que varre São Paulo desde o dia 12 de maio, deixando um saldo preocupante de 180 atentados a postos policiais e prédios particulares e 96 mortos – a Secção Paulista da Ordem dos Advogados do Brasil e outras entidades da sociedade civil – como a Associação Comercial de São Paulo, Força Sindical, Associação Paulista dos Magistrados, Associação Paulista dos Magistrados, Sescon e Abrace, entre outras, promovem na próxima quinta-feira (18/5), às 10h30, na sede da OAB SP (Praça da Sé, 385 - 1º), um balanço sobre a violência em São Paulo.

“ Passada a crise, temos de repensar as políticas públicas adotadas na área de Segurança Pública, já que os caminhos para combater o crime organizado se mostram ineficazes diante da ousadia dos criminosos, que aterrorizaram a população de São Paulo, seja pela diversidade alvos, públicos e privados; seja pela organização demonstrada dentro das unidades prisionais. A crise mostrou a fragilidade do Estado e o poder do crime organizado. A ofensiva criminosa deixou um saldo de dezenas mortos, entre policiais, cidadãos e suspeitos. Total que supera conflitos bélicos em andamento no mundo, constituindo uma ameaça aos direitos constitucionais dos cidadãos, entre eles, o de ir e vir. Mesmo na crise, não podemos transigir na legalidade”, afirma o presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso.



Informações: Assessoria de Imprensa da OAB SP, pelos telefones 3291-8175/82.