Nota de repúdio


07/06/2006


O  Parlamento Brasileiro viveu um de seus momentos mais difíceis, com a invasão de suas dependências, patrocinada por militantes do Movimento de Libertação dos Sem Terra, que protagonizaram cenas degradantes de injustificada violência e destruição.

A Seccional Paulista da Ordem dos Advogados do Brasil  repudia veementemente as ações  criminosas que mutilam o Estado Democrático de Direito e que estão à margem da lei.

O Legislativo é uma das instituições que dão sustentação à democracia, uma vez que reúne os representantes do povo brasileiro e não há pretexto que justifique uma agressão dessa natureza à
Casa das leis.

Diante dos atos de vandalismo disseminados nesta invasão, a OAB SP espera que os culpados sejam punidos para evitar que tais condutas jamais se repitam em qualquer espaço público, num desrespeito às regras básicas da convivência democrática. O império da lei deve sujeitar a todos.


São Paulo, 7 de junho de 2006.

Luiz Flávio Borges D´Urso
Presidente da OAB SP