OAB SP garante atendimento prioritário aos advogados idosos, portadores de deficiências e gestantes


19/07/2006

Portaria da presidência assegura pronto atendimento em toda Seccional e Subsecções.

O presidente da OAB-SP – Luiz Flávio Borges D’Urso – assinou, nesta quarta-feira (19/7), a Portaria 485/2006/PR determinando que em todos os setores da Seccional e das 216 Subsecções do Estado de São Paulo seja adotado atendimento preferencial para advogados com idade igual ou superior a 60 anos; aos advogados portadores de necessidades especiais e às advogadas gestantes. “Essa medida é parte do compromisso de aprimorar o serviço prestado nos quase 900 pontos de atuação da OAB SP. E, dessa forma, garantir atendimento imediato aos colegas sexagenários, portadores de necessidades especiais e gestantes ”, destaca o presidente da OAB SP.

 Conforme D’Urso, a Portaria atende  também o Art. 71 do Estatuto do Idoso, que assegura prioridade no atendimento a pessoa com idade igual ou superior a 60 anos, em qualquer instância. “Além da defesa dos direitos do idoso, a OAB SP está em plena campanha pelo fim do preconceito em relação aos deficientes, porque a história da humanidade tem mostrado que é mais difícil superar as barreiras físicas impostas pela deficiência do que vencer a muralha do preconceito social. E, também, faz justiça à advogada gestante, que necessita de pronto atendimento”, ressalta D´Urso.