Definidas as Listas Tríplices para o TJ


13/09/2006

O Tribunal de Justiça de São Paulo definiu os nomes dos candidatos com base nas listas sêxtuplas enviadas pela OAB SP.

O Tribunal de Justiça de São Paulo definiu os nomes dos candidatos com base nas listas sêxtuplas enviadas pela OAB SP.

O Órgão Especial do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) definiu, nesta quarta-feira (13/9), três listas tríplices com os nomes de nove advogados, escolhidos com base nas listas sêxtuplas encaminhadas pela OAB SP .  Os futuros desembargadores do TJ-SP vão ocupar três vagas abertas em decorrência das aposentadorias dos desembargadores Paulo Fernando Lopes Franco e Luiz Antonio de Oliveira Ribeiro e da transferência de Ricardo Lewandowski para Brasília, como ministro do Supremo Tribunal Federal. Essas três listas serão encaminhadas ao governador de São Paulo, Cláudio Lembo, que escolherá um nome de cada lista para ocupar as vagas abertas no TJ-SP.

Compõem a primeira lista os advogados Walter Piva Rodrigues (com 23 votos), Manoel Pacheco Dias Marcelino (22) e Edmilson de Brito Landi (15). Na segunda lista estão José Carlos Ferreira Alves (21), Marcos Antônio Benasse (16) e Martha Ochsenhofer (15). Na terceira lista aprovada é composta por Luiz Antônio Silva Costa (21), Maura Roberti (20) e Ricardo Nicolau (15). As listas tríplices foram formadas a partir de listas sêxtuplas enviadas ao judiciário paulista pela Seccional paulista da Ordem dos Advogados do Brasil. A escolha dos integrantes das listas sêxtupla é feita através de eleição, por voto secreto dos 60 conselheiros seccionais de todo o Estado de São Paulo, após extensa audiência pública.

“Independente dos nomes escolhidos pelo governador, a Magistratura será enriquecida com a participação de advogados da estatura dos colegas que integram as listas. Eles contribuirão com sua visão diferenciada, experiência, capacidade de trabalho e cultura jurídica”, ressalta o presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso. Os conselheiros seccionais  avaliaram 41 candidatos que pretendiam integrar as listas e escolheram 18 nomes que foram submetidos ao crivo dos desembargadores do Tribunal de Justiça de São Paulo.