Presidente da OAB SP espera que as eleições transcorram de forma tranqüila e democrática


29/09/2006

Durante a campanha eleitoral, a OAB SP defendeu a importância do voto consciente junto aos eleitores.

 

Ao encerrar a “Campanha pela Ética na Política e Pelo Voto Consciente”, que realizou durante os últimos dois meses pelo Interior do Estado, o presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso,  espera que as eleições gerais  do próximo domingo (1/10) transcorram de forma tranqüila e democrática em todo o país. “ A campanha teve  o intuito de despertar a população para o significado da eleição, que deve ser considerado o momento principal do exercício da cidadania. A Advocacia mais uma vez fez a sua parte neste importante momento cívico”, diz D´Urso.

D´Urso acredita que a campanha também conseguiu  alertar a eleitores sobre os danos do voto nulo. “ Embora as pessoas queiram expressar sua indignação com tudo o que está acontecendo na política nacional, o  voto nulo não é a melhor forma de fazê-lo, porque terá um resultado contrário ao esperado. Quem votasse nulo estaria abrindo um flanco para a volta  daqueles que transformam seus mandados em moeda de troca. Portanto, quem perde com o voto nulo é o povo, a cidadania e democracia. As pesquisas apontam que a intenção de votar nulo  e branco recrudesceu e não deve ultrapassar 7% dos eleitores ”, comenta D´Urso.

Na opinião do presidente da OAB SP, é fundamental ressaltar ao eleitor a importância do voto consciente. “Quem está indignado e quer protestar deve buscar eleger representantes que saibam honrar seus mandatos, que sejam éticos e visem o bem público. Por isso, a opção deve ser o voto consciente e não o voto nulo. Somente através do sufrágio democrático é possível ao cidadão expressar seus sentimentos e anseios, depurar a qualidade do Parlamento brasileiro e consolidar a nossa democracia”, afirma o presidente da OAB SP.