D´URSO É REELEITO PARA A PRESIDÊNCIA DA OAB SP


01/12/2006

O presidente reeleito recebeu 62.841 votos dos 125.350 advogados que votaram.

Com ampla margem de votos, Luiz Flávio Borges D´Urso foi reeleito, nesta quinta-feira (30/11), presidente da Seccional Paulista da OAB para o triênio 2007/2009. Ele  dobrou o total de sufrágios recebidos na  última eleição, em 2003, quando totalizou 28.263 votos (24,88%), numa disputa que reuniu 8 chapas em um colégio de 113.620 eleitores. Nesta eleição, disputada por 4 chapas,  recebeu mais da metade dos votos:  62.841 (50,13%). D´Urso será  o sexto  presidente da OAB SP a ser reconduzido ao cargo. " Recebo o resultado das urnas com profunda alegria. É o reconhecimento da nossa classe ao trabalho que realizamos  nestes últimos três anos. Foi um reconhecimento pelas urnas", garantiu D´Urso durante a festa da vitória, realizada em um hotel no centro de São Paulo. D´Urso venceu em 81% das 217 Subsecções do Estado.

 Em  segundo lugar ficou a chapa liderada por Rui Celso Reali Fragoso, com 45.638 votos (36.41%). O terceiro lugar  foi  de Leandro Pinto com 4.105  votos (3,27 %) e o quarto colocado,  Clodoaldo Pacce, com 1.361votos ( 1.09 %). O total de votos nulos foi de 6.967 (5,56%) e de brancos, 4.480 (3,55%) .O índice de abstenção foi  de 20,5% (32.326 advogados), menor do que o registrado em  2003, que ficou em 34,86%.

D´Urso votou na Subsecção de Santana, onde é inscrito,  logo na abertura das urnas, às 10h15. Na chegada, acompanhado do presidente da Subsecção, Rui Augusto Martins,  cumprimentou mesários e advogados que aguardavam nas filas das 7 seções eleitorais, organizadas  no auditório do prédio do Fórum Center, onde funciona a Casa do Advogado.

 Na seqüência, D´Urso visitou os demais prédios onde ocorriam as votações no centro de São Paulo, FMU, Unip e Uninove,  iniciando pela Faculdade de Direito da USP, no Largo São Francisco. Ali, também cumprimentou advogados e correligionários - como o conselheiro federal emérito e membro nato da OAB, Rubens Approbato Machado, e o advogado tributarista, Ives Gandra da Silva Martins . Para Approbato e Gandra Martins, neste pleito, a Advocacia viveu um ambiente de festa , de democracia e de respeito.

  Para o segundo mandato, D´Urso  elegeu  como prioridades fazer  a Justiça funcionar e ampliar as prerrogativas profissionais.  O principal problema do Judiciário, segundo o presidente eleito da OAB SP, é a falta de recursos e a necessidade  de um choque de gestão, para aprimorar a qualidade dos serviços prestados. Para sanear as dificuldades financeiras, ele lembra que a OAB SP já enviou projeto de lei à Câmara dos Deputados que amplia o limite da Lei de Responsabilidade Fiscal e aumenta o repasse de verba para o Judiciário de 6% para 8%. Outra proposta é de que as custas judiciais fiquem integralmente com o Judiciário e, para agilizar a Justiça, é necessário que  as decisões sejam disponibilizadas na íntegra pela internet. Quanto à gestão, D´Urso pretende mostrar à cúpula do Tribunal de Justiça as mudanças ocorridas na OAB SP depois do ISO 9001. Para ele, é preciso que pessoal especializado fique com a responsabilidade de administrar. “Advogados e juízes não são administradores”, diz.

 As prerrogativas profissionais também são prioridades para a próxima gestão. Depois de ampliar as turmas de julgamento do Conselho de Prerrogativas, promover desagravos em praça pública, apresentar representações às Corregedorias da Magistratura, MP e Polícia, propor projeto para criminalizar a violação das prerrogativas, já aprovado pela Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados,, D´Urso pretende, ainda,  que os plantões de defesa de prerrogativas em todo o Estado funcionem durante 24 horas.

VEJA O QUADRO COM OS NÚMEROS

Chapa Total  
11 Em Defesa da Advocacia45638 36.41 %
12 D'Urso - Advocacia pede Bis62841 50.13 %
13 Leandro Pinto - Ação, Movimento de Renovação da OAB-SP4105 3.27 %
14  Livre sem Cabresto - Oposição Séria1361 1.09 %
 NULOS6967 5.56 %
 BRANCOS4448 3.55 %