EXAME DE ORDEM 133: APROVAÇÃO CAI PELA METADE


24/08/2007

Dos 17.856 que fizeram o teste, 4.085 passaram para a segunda fase, 22,88% de aprovados, metade do percentual se comparado com o exame anterior.

A OAB-SP divulgou nesta sexta-feira (24/08), às 18 horas, o resultado da primeira fase do Exame de Ordem número 133, que habilitou para a segunda fase 22,88% dos inscritos, o que corresponde a 4.085 candidatos, que realizarão a segunda fase, marcada para dia 16 de setembro próximo. No total, se inscreveram 18.472 bacharéis em Direito, sendo que 17.856 efetivamente fizeram o teste, com um índice de abstenção de apenas 3,33% (616 ausências registradas). O exame está sendo aplicado em 27 cidades do interior e na capital paulista pela Fundação Vunesp.

 

Para o presidente da OAB-SP – Luiz Flávio Borges D’Urso - o resultado “é preocupante porque diante de um índice tão baixo de aprovados na primeira fase, certamente teremos o resultado final com baixo índice de aprovados a demonstrar a necessidade da continuidade da aplicação do Exame de Ordem”

 

“Tivemos um resultado inferior ao do último Exame que demonstra menor preparo da massa de candidatos, uma vez que o nível de dificuldade da prova continua o mesmo”, registra o conselheiro seccional Braz Martins Neto, presidente da Comissão de Estágio e Exame de Ordem da OAB-SP. No Exame 132 (maio-2007), o percentual de candidatos habilitados para a segunda etapa foi de 43,79%; no Exame 131 (janeiro-2007) foi de 22,10%; no Exame 130 (setembro-2006) foi de 32,14%; no Exame 129 (maio-2006) foi de 12,94%; no Exame 128 (janeiro-2006) foi de 19,2%”,

 

A segunda prova, tem cunho prático-profissional - acessível apenas aos aprovados na primeira fase e compreenderá redação de peça profissional e cinco questões práticas. É diferente da  primeira fase, considerada mais fácil, quando a prova objetiva conta com 100 questões de múltipla escolha, com quatro opções de resposta abordando Direito Constitucional, Civil, Comercial, Penal, do Trabalho, Administrativo, Tributário, Processual Civil, Processual Penal, Processual do Trabalho e também sobre Estatuto da OAB, seu Regulamento Geral e Código de Ética e Disciplina. Para ser classificado para a segunda fase do Exame, o candidato deve acertar, no mínimo, 50% das questões.

 

 

Dados dos Exames Anteriores

 

Exame 132 (maio-2007)

Inscritos 20.173

Ausentes 1.944

Aprovados na primeira fase 7.983 (43,79%)

Aprovados na segunda fase 5.547 (30,43%)

Também fizeram a prova 1.160 em releitura e 950 remanescentes do Exame anterior - 131.

 

Exame 131 (janeiro-2007)

Inscritos 28.195

Ausentes 1.116

Aprovados na primeira fase 5.984 (22,10%)

Aprovados na segunda fase 3.825 (13,56%)

 

Exame 130 (setembro-2006)

Inscritos 19.644

Ausentes 984

Aprovados na primeira fase 5.999 (32,14%)

Aprovados na segunda fase 3.016 (16,16%)

 

Exame 129 (maio-2006)

Inscritos 22.207

Ausentes 1.232

Aprovados primeira fase 2.873 (12,94%)

Aprovados segunda fase 2.053 (9,79%)

Também fizeram a prova: 1.173 em releitura

 

Exame 128 (janeiro-2006)

Inscritos 28.331

Ausentes 949

Aprovados primeira fase 5.263 (19,2%)

Aprovados segunda fase 3.128 (11,4%)

 

Exame 127 (agosto-2005)

Inscritos 17.978

Ausentes 463

Aprovados primeira fase 7.318 (41,8%)

Aprovados finais 3.295(18,3%)

 

Exame 126 (maio-2005)

Inscritos – 21.132

Presentes – 20.237

Aprovados primeira fase 2.475 (12%)

Aprovados finais - 1.450 (7,16%)

 

Exame 125 (janeiro-2005)

Inscritos – 27.724

Presentes – 26.912

Aprovados na primeira fase – 10.306 (38,29%)

Aprovados finais – 5.727 (20,65%)