CAPEZ E PRADO LANÇAM CÓDIGO PENAL COMENTADO


18/09/2007


Já pode ser encontrado no mercado editorial o novo livro do promotor de Justiça e deputado estadual Fernando Capez, escrito em parceria com a advogada criminalista e pesquisadora na área penal, Stela Prado. O livro Código Penal Comentado - publicado pela Editora Verbo Jurídico - é fruto de um trabalho exaustivo de pesquisa e em embasado na experiência da longa trajetória de Fernando Capez no Direito Penal. Essa obra (696 página, R$ 120) traz em cada artigo um comentário de acordo com a doutrina e jurisprudência dominantes. São milhares de julgados dos principais Tribunais brasileiros, além de opinião de diversos doutrinadores, compilados de forma a trazer uma informação precisa ao leitor.

 

O trabalho destina-se aos profissionais da área, acadêmicos e concursandos que procuram se manter atualizados com as alterações doutrinárias e jurisprudenciais. Seu manuseio é prático e rápido. No topo da página há a indicação do artigo para facilitar a procura. Além disso, os títulos nos comentários estão em negrito para facilitar a visualização. Impresso em duas cores, impede confusão entre texto legal e comentário dos autores. “É uma obra essencial para todos aqueles que militam na aplicação da Justiça e deve constar da bibliografia básica dos operadores do Direito. Externa a capacidade interpretativa de um dos mais jovens autores desta área”, avalia o presidente da OAB-SP – Luiz Flávio Borges D’Urso.

 

Fernando Capez, mestre em Direito Penal na USP e doutorando em Direito Penal na PUC-SP, ingressou no Ministério Público de São Paulo em 1987. Em sua atuação na Promotoria Pública, esteve ligado a casos importantes e de grande relevância para a defesa do interesse público. Em 1994, começou a investigar a atuação das torcidas organizadas; foi o responsável pela investigação da Máfia do Lixo; e do escândalo dos transportes. É professor convidado da Academia de Polícia de SP, da Escola da Magistratura do RJ e das Escolas Superiores do Ministério Público de diversos estados. Têm mais de vinte livros publicados, nos quais aborda temas como interpretação e aplicação de leis penais, tais como os crimes cometidos com veículos automotores, interceptações telefônicas, uso de arma de fogo, crime organizado, entre outras.