COMISSÃO DE SEGURANÇA INTERCEDE EM FAVOR DOS POLICIAIS CIVIS E MILITARES


25/09/2007

O presidente da Comissão alerta que a decisão sobre a proposta de ampliação do seguro de vida dos policiais para 24 horas deve ser definida até 31 de outubro, quando acontece a renovação contratual.

A OAB SP, através da Comissão de Segurança Pública, intercedeu em prol dos policiais do Estado de São Paulo, propondo a extensão do seguro de vida dos policiais por 24 horas por dia, inclusive em horário de folga.  " Entendemos  que além de ser totalmente justo, constitui um direito já amplamente reconhecido pelo Estado e defendido pela OAB SP. No entanto, há pressa nesse expediente, pois o atual contrato de seguro que a secretaria tem com a seguradora (COSESP) vencerá em 31/10/2007, momento ideal para que seja contemplado na renovação ou na contratação de outra seguradora, nosso pedido de extensão", afirma Leandro Godines do Amaral, presidente da Comissão.

 Segundo o presidente,  as principais autoridades dos comandos da polícia, bem como a maioria dos órgãos representativos da classe específica, já demonstraram solidariedade e apoio à iniciativa. " Na ocasião, o secretário de Segurança Pública, Ronaldo Marzagão  despachou junto à sua assessoria, requerendo providências com urgência, fato que demonstra realmente o interesse do Estado no assunto", completa Leandro. “É justo que o policial que age, em razão da função, para impedir um assalto em um ônibus  na sua hora de folga e  que acabe ferido ou vitimado pelos criminosos, seja amparado por um seguro de vida”, completa o presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso.