MISSA DE SÉTIMO DIA DE CELSO CAMPOS PETRONI


03/01/2008

Nesta sexta-feira (4/1), às 11 horas, na Igreja de São José (Rua Dinamarca, 32, Jardim Europa), será realizada missa de sétimo dia do ex-conselheiro seccional Celso Campos Petroni, falecido no último dia 30 de dezembro, em São Paulo, aos 62 anos. Vítima de infarto, Petroni – natural de São Paulo - foi sepultado na cidade mineira de Monte Verde. “A Advocacia brasileira perde um lutador incansável”, lamenta o presidente da OAB-SP – Luiz Flávio Borges D’Urso.


Graduado em Direito pela Universidade Presbiteriana Mackenzie de São Paulo em 1970, Petroni era membro da OAB-SP desde 1971. Era mestre pela PUC-SP e professor Universitário. Em 36 anos de profissão, deixa uma extensa ficha de serviços prestados à Advocacia. Entres vários cargos, foi vice-presidente da Comissão de Direitos Humanos da OAB-SP, no triênio 1983-1985.

Petroni também atuou, em diversas oportunidades, como membro da banca examinadora do Exame de Ordem; em 1983 foi designado para integrar o conselho permanente junto ao gabinete do coordenador de Saúde de SP. Sua última contribuição à classe dos advogados de SP, no triênio 2004-2006, atuou como membro da Comissão de Direitos e Prerrogativas da Ordem paulista.