EXAME DE ORDEM 134 APROVA 39,80% DOS CANDIDATOS NA PRIMEIRA FASE


28/01/2008

A OAB SP divulgou nesta quarta-feira (6/2), às 18 horas, o resultado da primeira fase do Exame de Ordem número 134, que habilitou para a segunda fase 9.481 candidatos, o que corresponde a 39,80% dos inscritos, que realizarão a segunda fase, marcada para dia 9 de março. No total, se inscreveram 24.827 bacharéis em Direito, com um índice de abstenção nesta fase de 4 % ( 1.008 ausências registradas). O exame foi aplicado em três locais na Capital e em 28 cidades do interior pelo Cespe (Centro de Seleção e Promoção de Eventos) ligado à Universidade de Brasília, no último dia 27 de janeiro.

Para o presidente da Comissão de Estágio e Exame de Ordem da OAB SP, Braz Martins Neto, o resultado desta primeira fase ficou na média dos últimos exames, com exceção do Exame 132, que registrou o percentual mais alto de aprovados, com 43,79%. “ Os números, certamente, continuam revelando as deficiências do ensino jurídico no preparo dos bacharéis e os cursos que prezam a qualidade de ensino, certamente, ajudaram a construir esse percentual de 39,80% de aprovados”, afirma Braz.

De acordo com Braz Martins Neto, o recurso para o candidato está digitalizado e mais fácil, bastando acessar  o Sistema Eletrônico de Interposição de Recurso, no site da OAB SP – www.oabsp.org.br, e seguir as instruções, dispondo de três dias, a partir da divulgação do resultado, para formalizar seu recurso. A lista dos habilitados  pode ser consultada no site da OAB SP ou do  Cespe: www.cespe.unb.br/concursos e seleções/oabsp exame de ordem 134.

A prova da segunda fase, tem cunho prático-profissional, sendo acessível apenas aos aprovados na primeira fase e compreenderá redação de peça profissional e cinco questões práticas. É diferente da  primeira fase, que consiste em prova objetiva conta com 100 questões de múltipla escolha,  abordando Direito Constitucional, Civil, Comercial, Penal, do Trabalho, Administrativo, Tributário, Processual Civil, Processual Penal, Processual do Trabalho e também sobre Estatuto da OAB, seu Regulamento Geral e Código de Ética e Disciplina. Braz destaca outra novidade  introduzida a partir desta edição do Exame, “ toda correção da segunda fase será eletrônica, o que agilizará e facilitará o trabalho da banca examinadora, porque não teremos mais o deslocamento físico das provas pelo Estado”, explica.

 

Esta primeira fase do Exame 134 seria realizada em dezembro do ano passado, mas uma suspeita de vazamento do conteúdo das questões levou a Diretoria da OAB SP a suspender sua aplicação como forma de assegurar a lisura do Exame, pedir abertura de inquérito à Polícia Federal, agendar nova data e contratar nova entidade aplicadora, uma vez que Sindicância Interna da OAB SP apurou que o vazamento ocorreu no âmbito das atribuições da Fundação Unesp, contratada para aplicar o Exame 134, e encarregada de formatar graficamente, imprimir e distribuir as cópias das provas para os locais de aplicação.