SUBSECÇÃO DE FRANCA TRAZ DOCUMENTAÇÃO SOBRE ADVOGADA ACUSADA DE ILÍCITOS


15/02/2008

 

O presidente da OAB-SP, Luiz Flávio Borges D’Urso, reuniu-se nesta sexta-feira (15/2) com o conselheiro seccional da Região de Franca, Sindoval Bertanha Gomes, para tratar de mais um processo ético-disciplinar contra a advogada Adriana Telini Pedro, que milita profissionalmente na cidade de Franca, acusada de ligação com o crime organizado. " Trouxemos a documentação que a Subsecção de Franca tem sobre o caso", explicou Sindoval.

 

“O papel do advogado não é se envolver ou acobertar o crime, mas garantir um julgamento justo ao seu cliente. Sempre que ficar comprovado que um advogado está atuando no crime, que se desviou do caminho da legalidade, deve ser alcançado pela força da lei, à qual todos estamos sujeitos, e pelo Tribunal de Ética e Disciplina da OAB (TED), que recebe as representações por infrações éticas e disciplinares da classe e pune os culpados”, destaca D’Urso.

 

Envolvida em ações ilícitas, a Adriana Telini Gomes é acusada de associação para o tráfico de drogas e de formação de quadrilha. Por conta destas denúncias que ferem o Código de Ética e Disciplina da OAB e de inquéritos contra ela que correm na Polícia Civil há dois anos, a advogada chegou a ser suspensa da advocacia pelo TED, e ainda responde por três processos ético-disciplinares.