BRAZ MARTINS NETO CONCLAMA ADVOGADOS A DEFENDER PRERROGATIVAS PROFISSIONAIS


18/02/2008

O conselheiro seccional e presidente da Comissão de Estágio e Exame de Ordem, divulgou Carta Aberta, nesta segunda-feira (18/2) , na qual conclama "todos os advogados a fazerem coro com o Presidente D’Urso, que, com o destemor dos justos e cioso da manutenção do Estado de Direito, será intransigente diante de qualquer violação das prerrogativas dos advogados ".

                     CARTA ABERTA

 Senhore(a)s Advogado(a)s,

 Ignoro os interesses que motivaram o Procurador Geral de Justiça, chefe maior do Ministério Público, no seu incontido arroubo de taxar com a pecha de “fascista” uma instituição que construiu, em toda a sua história, uma fortaleza intransponível na defesa do Estado de Direito.

 Suas declarações, a par de revelarem seu despreparo para o combate dos desvios de condutas de Promotores, quando atuantes à margem da lei ou em flagrante desrespeito ao devido processo legal, ofendem a advocacia e, o que é mais grave, colocam em causa o cumprimento da função que lhe defere o comando constitucional para a defesa da ordem jurídica, do regime democrático e dos interesses sociais e individuais indisponíveis.

 Conclamo  todos os advogados a fazerem coro com o Presidente D’Urso, que, com o destemor dos justos e cioso da manutenção do Estado de Direito, será intransigente diante de qualquer violação das prerrogativas dos advogados. Façamos, pois, trincheiras no combate dos agentes de condutas arbitrárias, que são os verdadeiros fascistas.

                                 São Paulo, 18 de fevereiro de 2008

 Braz Martins Neto

Conselheiro Seccional e presidente da Comissão de Estágio e Exame de Ordem.