CONAD ENTREGA PRÊMIO ' LUTA PELA IGUALDADE RACIAL'


07/05/2008

Para comemorar os 120 anos da Abolição da Escravatura, a OAB SP, através da Comissão do Negro e de Assuntos Antidiscriminatórios (Conad), concederá o prêmio “Luta pela Igualdade Racial” para personalidades que se destacaram na luta contra o racismo, entre agraciados estão Pelé, o ministro da Cultura Gilberto Gil, o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Joaquim Barbosa, o senador Paulo Paim e o professor Hélio Santos.

A entrega do prêmio será no dia 13 de maio, data em que se comemora os 120 anos da abolição da escravatura, às 11 horas, no Salão Nobre da Ordem (Praça da Sé, 385, 1º andar). " Esta data não poderia passar sem comemorarmos as vitórias da comunidade afrodescente, lembrando aqueles que contribuíram para seu engrandecimento", afirma Marco Antonio Zito Alvarenga, presidente da Conad.

 

Assinada pela princesa Isabel em 13 de maio de 1888, a Lei Áurea acabou com a escravatura no país, mas os movimentos abolicionistas já movimentavam o Brasil desde 1870, período em que algumas leis foram promulgadas, como a do Ventre Livre, de 1871, que libertava os filhos de escravos nascidos a partir da data de promulgação da lei; e a Lei Saraiva-Cotegipe, mais conhecida como Lei dos Sexagenários, que libertou os escravos com mais de 60 anos.

 

Confira abaixo a lista de todos os premiados.


Luiz Antônio Guimarães Marrey – secretário da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo

 

Gilberto Gil – ministro da Cultura

 

Joaquim Benedito Barbosa Gomes – ministro do STF

 

Rilma Aparecida Hemetério – desembargadora, juíza togada do TRT da 2ª Região

 

Sonia Maria Pereira Nascimento – advogada e ativista do movimento negro

 

Eduardo de Oliveira – professor

 

Vitória Brasília – coronel da Polícia Militar do Estado de São Paulo

 

Erickson Gavazza Marques – desembargador do Tribunal de Justiça de São Paulo

 

Theodozina Rosário Ribeiro – primeira deputada negra da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo

 

Hélio Santos – professor - mestre em finanças e doutor em administração pela USP

 

Cristiano Jorge Santos - promotor de Justiça, mestre em Direito Penal pela PUC

 

Elisa Lucas Rodrigues - presidente do Conselho de Participação e Desenvolvimento de Comunidade Negra do Estado de São Paulo

 

Joyce Ribeiro – jornalista

 

Kabengulê Munanga – professor

 

Robson Miguel – músico

 

Paulo Paim – senador

 

Frei Valnei – dirigente da Educafro

 

José Vicente – reitor da Unipalmares

 

Margareth F. C. Barreto Gracia – delegada

 

Hédio Silva Junior – advogado

 

Glória Maria – jornalista

 

Edson Santos – ministro da Igualdade Racial

 

Romário de Oliveira – editor-chefe da revista Raça

 

Moysés da Rocha – radialista

 

Padre Enes de Jesus

 

Pelé

 

Eunice Aparecida de Jesus Prudente – ex-secretaria da Justiça e da Defesa da Cidadania do Estado de São Paulo