COMUNICADO DE RECALL DA FOX É FALHO, DIZ OAB SP


13/06/2008

A OAB SP, por meio da Comissão de Defesa do Consumidor, adverte que o comunicado emitido pela Volkswagen chamando os consumidores para o recall do Fox, que vem apresentando problemas no mecanismo de rebatimento do banco traseiro, não está em acordo com o CDC.

Segundo a Comissão de Defesa do Consumidor, o parágrafo 1, do Art. 10 do  Código de Defesa do Consumidor, determina: “O fornecedor de produtos e serviços que, posteriormente à sua introdução no mercado de consumo, tiver conhecimento da periculosidade que apresentem, deverá comunicar imediatamente o fato às autoridades competentes e aos consumidores, mediante anúncios publicitários”.

 

“Estamos acompanhando o caso e a mensagem publicitária da empresa deveria alertar os consumidores sobre o defeito existente em um dos componentes do veículo. Mas o fato é que o comunicado não informa, de maneira clara e precisa, a respeito dessa periculosidade da peça defeituosa, que pode, inclusive, causar perda parcial do dedo da mão”, afirmou o presidente da Comissão de Defesa do Consumidor, José Eduardo Tavolieri.

 

A Volkswagen iniciou no último dia 4 de junho o maior recall de sua história no país. A montadora vai alterar o mecanismo de rebatimento do banco traseiro de 293.199 unidades, incluindo os veículos Fox, SpaceFox e CrossFox. O procedimento ocorre após denúncias de que o manuseio do banco teria machucado e até mutilado dedos de usuários.

A montadora informou que enviará cartas aos clientes que têm Fox, sugerindo que marquem data e horário para comparecer à concessionária. Também divulgou o telefone 0800 019 8866 e o site
www.vwbr.com.br/bancodofox para que os consumidores possam ter mais informações sobre o recall.