OAB SP SOLICITA PONTOS DE INTERNET AO TJ-SP


23/06/2008

A liberação de pontos na rede do Tribunal de Justiça atenderia as Salas dos Advogados nos fóruns.

O processo de informatização do sistema Judiciário brasileiro tem levado os advogados a dependerem cada vez mais de instrumentos de informática para o exercício profissional e comunicação de atos processuais, em especial, a rede mundial, de computadores. Por essa razão, e considerando que todos os fóruns do Estado de Seção Paulo dispõem de rede de acesso à internet, a OAB SP encaminhou consulta ao presidente do Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) desembargador Roberto Vallim Bellocchi, sobre a possibilidade de liberação de ponto na rede do TJ-SP nas salas de advogados nos fóruns do Estado.

 

Segundo o presidente a OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso, esses pontos serviriam exclusivamente para instalação de computadores a serem fornecidos pela Ordem, visando permitir aos advogados o acesso à internet, restritamente à comunicação de atos processuais. “ A liberação desse acesso nas salas de advogados, complementaria os investimentos que a entidade tem promovido em apoio ao projeto de informatização do TJ-SP, notadamente com a aquisição de equipamentos de informática, especialmente computadores e aparelhos, multifuncionais com funções de digitalização de documento”, comentou D´Urso.