ADVOGADOS VÃO CONCORRER PELA PRIMEIRA VEZ AO PRÊMIO INNOVARE


25/06/2008

O presidente da OAB SP, Luiz Flávio Borges D´Urso, esteve presente ao lançamento do V Prêmio Innovare, a Justiça do Século XXI, no auditório do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, na última quinta-feira (19/6).

" O prêmio ganha uma nova dimensão ao ter a Ordem dos Advogados do Brasil como  nova parceira institucional, sendo que a partir desta quinta edição os advogados públicos e privados poderão inscrever práticas que apresentem resultados comprovados para concorrer ao Innovare", afirmou D´Urso.

 

Segundo o TRF-3, o objetivo  do prêmio é identificar, premiar e divulgar práticas do Poder Judiciário, do Ministério Público, da Defensoria Pública e da Advocacia que estejam contribuindo para a democratização do acesso à justiça e para a implementação de meios alternativos para resolução de conflitos.

 

As práticas inscritas e voltadas ao conceito de justiça para todos serão avaliadas por personalidades do mundo jurídico, acadêmico e empresarial que integram a Comissão Julgadora, incluindo também cientistas políticos, jornalistas e representantes da sociedade brasileira. Há quatro categorias de premiação: Tribunal, Juiz Individual, Ministério Público, Defensoria Pública e Advocacia.

No ano passado, os vencedores foram: Categoria Juiz Individual - Juiz João Baptista Galhardo Junior com a prática Núcleo de Atendimento Integrado de São Carlos, SP; Categoria Tribunal - Presidente do TJES Jorge Goés Coutinho e Juiz Arion Mergár coma prática Sistema de informações em bases criminais, do Espírito Santo; Categoria Juizado Especial - Juiz Murilo André Kieling Pereira e o Corregedor do TJRJ Luiz Zveiter, com a prática O Juizado Especial Criminal como forma de garantia ao cidadão torcedor ( JECRIM do Maracanã);Categoria Ministério Público - Promotores de Justiça Augusto Eduardo de Souza Rossini, Arual Martins, Ivandil Dantas da Silva, Renato Fernando Casemiro e Jaqueline Mara com a prática Instrumentos de pacificação e cidadania para redução de homicídios em São Paulo. Menção honrosa - Promotora de Justiça Thereza Maria Muniz Ribeiro com a prática Maná, do Estado do Maranhão;Categoria Defensoria Pública - Defensor Público Marcos Rondon pela prática P.A.S - programa de assistência ao segregado, do Estado do Mato Grosso. Menção honrosa - Defensoras públicas Monica Aragão e Firmiane Venâncio, pela prática Pacificação de conflitos fundiários, do Estado da Bahia

 

O Prêmio Innovare é uma realização do Instituto Innovare, da Associação dos Magistrados Brasileiros – AMB, do Ministério da Justiça, através da Secretaria de Reforma do Judiciário, da Associação Nacional dos Membros do Ministério Público - CONAMP, da Associação Nacional dos Defensores Públicos – ANADEP, da Associação dos Juízes Federais do Brasil – AJUFE, da Ordem dos Advogados do Brasil – OAB e da Vale.