PRESIDENTE DA OAB SP APONTA PREOCUPAÇÃO COM VETO A CANDIDATURAS


01/07/2008

A OAB SP, a exemplo dos anos anteriores, fará nestas eleições uma campanha em defesa da ética na política e da importância do voto consciente. No entanto, o presidente da Seccional Paulista, Luiz Flávio Borges D´Urso, vê com preocupação a impugnação de candidaturas de políticos que tenham ocorrências na Justiça ou foram punidos por tribunais de contas por improbidade administrativa, a chamada "ficha suja".

 

Para o presidente da OAB SP, há duas situações que devem ser avaliadas.” se estamos diante de alguém que já esteve na área pública e foi condenado definitivamente por conta de desvio de dinheiro público, evidentemente que essa pessoa não tem nenhum elemento que possa credenciá-la a retornar à área pública. Diferente de alguém que apenas esteja enfrentando uma investigação policial ou  um processo criminal", comenta.

No entendimento de D´Urso, é preocupante quando se afirma que basta ter um processo para determinada pessoa  não poder mais ser candidata. "Tenho uma preocupação muito grande, já que até um adversário pode processar o político para impedir uma eventual candidatura, além do que tal posição  contraria a presunção de inocência, prevista na Constituição Federal”, afirma D´Urso.