SUBSECÇÃO DE SANTO ANDRÉ TAMBÉM SAI EM DEFESA DA SECCIONAL NO EPISÓDIO DO CONVÊNIO


17/07/2008

O presidente da Subsecção de Santo André, José Sinésio Correia, divulgou comunicado aos advogados inscritos, apoiando as medidas adotadas pela Seccional na renovação do Convênio de Assistência Judiciária .

De acordo com a Nota, a Subsecção de Santo André, uma das maiores do Estado, designa mensalmente mais de mil advogados para a assistência judiciária e considera aviltantes os valores pagados pela convênio aos advogados que cumprem função dos defensores no atendimento aos carentes.

Veja a íntegra do Comunicado:

A Ordem dos Advogados do Brasil, da 38ª Subsecção de Santo André, através de seu Presidente Dr. José Sinésio Correia, e de toda a sua Diretoria, vêm, publicamente manifestar o seu apoio as medidas adotadas pelo Ilustre Presidente Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil Dr. Luiz Flavio Borges D’urso, que, não renovou o convenio da Assistência Judiciária com a Defensoria Publica do Estado de São Paulo, ante a intransigência desta em cumprir os acordos firmados anteriormente.

 

                                   São aviltantes os valores pagos a titulo de honorários, não podemos admitir que a Defensoria Publica, que tem o Dever Constitucional de promover o atendimento à população Carente, e não o faz, recuse-se a remunerar condignamente o profissional Advogado que desenvolve as atribuições da defensoria.

 

                                   Nossa subseção indica mensalmente mais de 1.000 Advogados, para defesa dos interesses da população carente da Cidade de Santo André, desempenhamos nossas atividades com zelo e respeito à aqueles que nos procuram, mantendo Plantões diários nas Varas, além dos atendimentos especializados que desempenhamos com os Plantões da Comissão do Idoso, do Consumidor, da Mulher, e da Criança e Adolescente.

 

                                   E é por tudo isso, que não podemos aceitar a desídia como a Classe dos Advogados tem sido tratada pela Defensoria Publica do Estado de São Paulo.

 

                                   Certos de podermos contar com a compreensão deste juízo, solicitamos que os ofícios de solicitação de defensores, sejam remetidos diretamente para a Coordenadoria da Defensoria Pública do Estado de São Paulo, Regional do Grande ABCD situada na Av. Barão de Mauá, 251 Jd. Chácara Inglesa, até que este impasse seja solucionado.

 

                                   Ao ensejo, apresentamos nossos votos de elevada estima e consideração.

 

 

Dr. Jose Sinésio Correia

PRESIDENTE

 

 

Dr. Ulisses Alves da Silva

Diretor da Assistência Judiciária.

 

Tags: